Notícias   
Fábricas na china usa pele de cão para fazer luvas e sapatos e serem vendidos no Ocidente 

Luvas, sapatos e outros objetos estão a ser criados na China a partir da pele de cães e a serem vendidos no Ocidente. Existem ‘fábricas’ que se dedicam a esfolar cães, passando a pele depois a outros armazéns que fabricam estes produtos, As luvas e os sapatos exibem etiquetas a dizer que são feitos a partir de pele verdadeira, mas o rótulo não especifica qual a espécie de animal usada para fabricar estes produtos.
 


 Luvas, sapatos e outros produtos de couro que estão sendo vendidos em lojas de diferentes países e on-line podem ser feitos de cães abatidos em fábricas na China, como foi revelado pela ONG People for Ethical Treatment of Animals (Peta). Pele de cão produzida nos matadouros é usada em produtos diversos, rotulados de "couro real”, destinados à exportação para o Ocidente, de acordo com o grupo de direitos animais.
 
Gravações realizadas pela organização mostra trabalhadores junto à porta de um matadouro no norte da província de Hebei. Ao passo que os cães são levados para a porta, os homens matam os animais com uma vara pesada. Em diversas momentos, golpeiam algumas vezes para deixá-los inconscientes. Ganchos para pendurar os corpos aparecem no primeiro plano das imagens. Um investigador da Peta da Ásia alegou ter visto trabalhadores tirarem a pele dos cães que ainda estavam vivos.
 
 

A fundadora do Peta, Ingrid Newkirk, disse: "Peta tem certeza de que a Grã-Bretanha, Austrália e os EUA não estão isentos do comércio de couro de cão. Muitos varejistas britânicos estão importando couro barato da China, assim os produtos feitos de pele de cão estão quase certamente nas prateleiras e nos guarda-roupas das pessoas. A pele parece a mesma, de quem quer que venha, e assassinos chineses de cães provavelmente não anunciam suas peles honestamente, por isso é impossível dizer se essas luvas de couro ou carteiras são feitas de cão, vaca, porco, ou pele de cabra.
 
Peta está convocando os compradores britânicos a considerar o terror que os cães e outros animais suportam quando são impiedosamente abatidos e fazer a escolha vegana segura em roupas e acessórios para as datas especiais de fim de ano e todos os dias.”Sem a realização de testes de DNA caros, é praticamente impossível saber exatamente de que animal é feito o couro. A organização disse que visitou três matadouros no centro da China durante uma investigação de um ano sobre o abate de cães e a produção de pele de cão.
 
 

Um abatedor de cão disse ao investigador da Peta que a instalação espanca e tira a pele de 100 a 200 cães por dia. Cerca de 300 cães são mantidos no local, e alguns podem ser vistos desesperadamente subindo um em cima do outro numa tentativa de escapar da cela.A agência de notícias Reuters confirmou o uso de pele de cão durante uma visita a uma oficina de processamento de couro ao ar livre, onde os trabalhadores estendiam couros lavados para secar ao sol.

Com restaurantes de carne de cão sendo populares em muitas partes do país, vários estabelecimentos depois vendem a pele dos animais aos produtores de couro, disseram os trabalhadores na oficina em Hebei. Funcionários da Associação da Indústria de Couro da China se recusaram a dar entrevista, dizendo que não tinham conhecimento de que cães estavam sendo usados na produção de couro.
 
O Ministério da Agricultura também não respondeu aos repetidos pedidos de entrevista da imprensa internacional sobre as condições na indústria de abate, que o órgão supervisiona. A China tem enfrentado críticas por seu tratamento a animais, incluindo ursos, cuja bile é usada em medicamentos tradicionais. Tigres também são criados e mortos, em algumas áreas, por suas peles e ossos.
 
Vídeo com cenas fortes para pessoas sensíveis

 
 
Fonte: O Globo




Fale conosco: contato@direitosdosanimais.org
  APOIADORES